the moment I knew

“Então acabou...”.
 “Não estou dizendo que é para acabar, mas é que está difícil”.
“Eu que estou dizendo que acabou”.
“Ah... Tudo bem”.
Por que você não lutou nem sequer um pouco? Por que não veio correndo segurar o que ainda era teu? Por que não lutou por mim?!
E agora perdeu. Perdeu.
Ou fui eu que deixei cair?
“Tudo bem”... Era tão fácil assim, só dizer que acabou? O que é que me fez dizer? Não lembro, não lembro... Só lembro do “tudo bem” que você disse como quem diz que tanto faz, que não é importante, que não muda nada. Naquele momento, eu soube disso.
Eu tanto fazia. Eu nunca fui importante. Nunca mudei nada na tua vida. Não fiz diferença.
Não é?
Mas tudo bem. Tudo bem.

Vai passar.

0 Comentários: