Quero dançar com você

"Oi", diz você como antigamente
Me prendendo em seu abraço
Como se eu ainda pertencesse ao seu peito
Sorrio como antigamente
Reclamando do cansaço que não tem jeito
"Está tudo tão diferente", eu digo
E você me dá aquela meia risada
E por um momento,  apenas por um momento
É como se todo esse tempo
Não tivesse sido nada
Brinca com as pontas dos meus dedos:
"Ainda tem muitos mistérios? "
Eu tenho é medo.
Mas você é tão sério
Quando quer desvendar o que guardo
Enquanto tenta descobrir se pode, sim, ser muito amado e tudo acontecer.

Será que ainda quero dançar com você? 

0 Comentários: