"Agora sabe. Tarde ou não, não importa. Agora você sabe."


06h57min. Meus dedos doem de frio e eu queria a tua mão na minha agora, tua mão grande, inquieta e desorientada. Tua mão que foi minha mão e que eu mordi e beijei. Tua mão que eu segurei errado, apertado e afrouxei. Tua mão que me fascinava por estar tão longe da minha, a poucos, poucos centímetros de distância. Por que a gente sempre demorou tanto para se tocar?
Tínhamos medo de que o sonho acabasse e algum de nós dissolvesse no ar?
Eu tinha.

0 Comentários: