Minhas Lágrimas Estão Longe do Seu Ombro


Você sabe o que me deixa assim
Com essa lágrima molhando minha roupa
É só pedir o fim que eu já fico louca
E por que não ficaria?
Nem precisa responder porque eu sei o que você falaria
Iria dizer que eu sou dramática demais
Sensível demais
Não poderia amar alguém assim jamais, não é?

Mas eu não tenho culpa de ser o que sou
Você faz parte daquilo que me tornei
Foi você quem me ensinou
Me ensinou o que eu hoje sei
Foi por tua causa que aprendi a chorar
A não saber mais mentir
A não onseguir parar de te olhar
A ter medo de pedir...

Pedir um favor teu
Perguntar onde é que você se meteu

Eu precisava de você, sabia?
Tive que secar minhas lágrimas sozinha
Nunca me senti assim um dia
Querendo uma vida que não é minha

Minhas lágrimas ensoparam esse caderno antigo
Elas queriam estar perto do seu ombro
E eu queria estar contigo
Mas não com um simples amigo

Mas você é tão lento
Não entende meus sentimentos
Diz que é coisa da minha imaginação
E eu sei que são coisas do coração

Teimando com alguém ainda mais teimoso
Esperando um pedido de desculpas de um orgulhoso
Sei que não vem
Nem sei por que espero também

Mas isso não faz diferença
Eu não passei de uma doença
Uma doença de fim de semana
Que na segunda-feira já encontrou a cura
E eu desesperadamente a tua procura...

Mas isso vai passar, eu vou melhorar
Vou parar de chorar, de te procurar
De te ligar de madrugada
De te dizer que estou apaixonada

Eu te prometo...

Só não te prometo uma coisa:
Que eu vou te esquecer
Isso eu não sei fazer...

0 Comentários: