EU TE AMEI!
E o que fez?
Você jogou fora. E Chutou quando estava ao chão.
Foi covarde. Infantil.

A dor queima de uma maneira que só eu sei
Sem desculpa dessa vez.
Vá embora! E Devolva meu coração.
Porque aqui dentro arde. Deus, que difícil!

Queria te esquecer.
Sair e começar a viver.
Mas meu coração bate na tua mão com tanta vida.
Vida que só encontra aí no teu lugar.

Você que nada fez por merecer.
Fácil era mentir sem perceber
Que eu fazia o mesmo por ser esquecida.
Queria apenas que conseguisse me amar.

Submissão. Fraca.
Sem ação. Por favor, abaixe essa faca.
Ou a entregue a mim. Para que eu crave fundo em ti.
Não me olhe assim, como alguém que nunca conheci.

Apenas me olhe como na primeira vez
Como quem sabia que seríamos felizes
Mas felicidade é algo que não dura.
Porque o tempo é egoísta. Egoísta como eu.

Que ainda te quer pra mim.
Que grita, querendo saber porque raios me esqueceu
O que foi que eu fiz?
O que falta em mim e que sobre nela?

O que seria perfeito para nós?

Eu só quero que volte pra mim.
Sem pensar muito no que podemos fazer após.

Apenas volte pra mim.
Que eu te perdoo.

Ou então me entregue meu coração.
Ou um faca.
Ou os dois.

0 Comentários: