Eu que não tento te impressionar.


Eu que não tento te impressionar
Te ligo à madrugada
Chorando saudade

Eu que nunca escovei os dentes antes de te beijar
Vejo que fui errada
Mas não de verdade

Eu que mandei-te calar a boca
Me deixar em paz
Acho que não me arrependo dessa parte

Eu que você considera mais uma louca
E  você que não entende nada do que me faz
Que acredita que mentir é um tipo de arte

Eu que minto sem querer
Apenas para te puxar de volta
Mas não funciona

Eu que sigo sem saber
Que fio que se prende não se solta
Então a depressão para o amor pede carona

E amor que sempre diz SIM SIM  SIM
Eu que nunca fui tão boa assim
Acho que nunca fui tão ruim

Eu que não quero te impressionar
Desisto de te ligar
De chorar saudade
E vou ali escovar os dentes.

Para dormir.

0 Comentários: