Foi quando eu percebi que tudo que realmente queremos é um corpo quente

Para nos aquecer
Ouvir sem nada dizer
Que não nos faça mal
Que nunca, nunca nos esqueça

Não importa o que aconteça

Mas no final tudo apodrece
E esse alguém te esquece
E você chora, vai até onde ele mora, implora, grita e se escabela
Faz uma fita, apedreja a janela e...
Vai embora.

Deixa um pedaço da tua alma para trás
E jura não amar nunca mais
Mas não é bem isso que você faz
Jurar é fácil demais

Quero ver é fazer
Quero ver é esquecer
Quero ver é se conter
Quero ver é lutar contra algo tão forte que te sufoca

Algo que te faz desejar a morte e outra boca

Algo que te faz suar de madurada
Algo que te faz se envergonhar pela manhã
Algo que torna toda ação certa em errada
Algo que estranhamente tem gosto maçã

Eu menti
Eu ainda acredito no amor
Eu ainda acredito em ti
Mesmo que isso me mate, me cause dor

E eu sinto sua falta
E isso dói, tortura, me leva à loucura.
E eu vou correr atrás um pouco mais
Por que não te amar sufoca ainda mais

E eu me sinto perdido sem sua lembrança
E eu me sinto perdido sem a esperança
De que um dia eu te tenha em meus braços
E que nós possamos costurar nossos laços

De uma maneira que nunca se solte
Nunca, nunca, nunca...
Mas para isso tudo acontecer
É preciso que você volte
E jure que jamais vai me esquecer

E jurar é tão, tão fácil...
Quero ver é fazer.

acho que é hora de dar Tchau ! :)

0 Comentários: