Você é leve, é frio, não é o vento.
Você é neve, é rio, é o tempo.
E eu não sou sol, não te derreto.
Não te afeto, não te toco ou te espeto.

Sou só a chuva insistente
Que incomoda na janela
Que te deixa deprimente
Que te faz se lembrar dela

Sou a rima ruim
Nesse teu corpo sem fim
Fui tatuagem
Fui medo e não coragem

Fui pouca, a garota louca
Fui fraca demais, pedi demais
E eu ainda quero mais
Bem, bem mais

Quero visão, teu coração
Quero teu ar e teu amar
Quero seu olhar e teu caminhar
Quero você.

acho que é hora de dar Tchau ! *-*

0 Comentários: