Corajosos... Não... Não somos.

Amar aquilo que não se tem
Passatempo preferido dos desocupados
Sentir medo daquilo que vem
E se julgar os culpados

Mentir porque é fácil
Se esconder porque é mais fácil ainda
Fingir é mais difícil
Correr porque é isso que faz a vida

Sonhar porque é fraco
Continuar sonhando porque é forte
Tentar preencher imaginários buracos
Com sorte, com morte, com cortes
Enquanto tudo que quer é aprender a mágica do teletransporte

Porque desaparecer é até decente
Orar pode te deixar doente
E esconder aquilo que você sente
É o mais normal que a gente faz com a gente

Masoquismo
Lutar contra, ser do contra
Sentimentalismo
Nunca se sentir pronta, não saber estar pronta

Somos previsíveis demais
Animalescos demais
Fujões demais
Corajosos... Não... Não somos.

Poder
Não ter
Ver
Não tocar
Ter medo de tocar.

Esses somos nós.
Eu e você.
Eles e todos os outros.
E não, não vamos mudar.


acho que é hora de dar Tchau :)

0 Comentários: