Risadas...Ah! Como Eu Sinto Tua Falta

Você ainda me faz rir
Acho que isso nunca vai mudar
Espero que isso nunca mude
E se também te faço rir
Reze para isso não mudar
Porque eu não quero que isso mude

E sinto saudade de ti
As lembranças vêem do nada, me apanham e roubam a atenção
E a cada momento dado a distração
Eu sei que te perdi

A amizade entre nós pode ser verdadeira
Aliás, ela foi
Mas a paixão foi passageira
E hoje nem sequer sabemos nos dar “oi”

Mas você ainda me pede conselhos
E eu ainda digo que te amo
Mas você ainda aponta para as nuvens e mente dizendo que uma delas parece um coelho
E eu rio e de familiar felicidade inflamo, a ponto de explodir
Você ainda me faz rir

Lembro de nossos intermináveis telefonemas
Parecíamos dois estranhos
Bom, estranhos que falam de seus problemas
Mas nós também falávamos de nossas perdas e ganhos
Para nós nenhum problema era problema
Você me fazia rir e eu ria e simplesmente esquecia

Dormi segurando tua mão
Você lembra disso?
Meu cabelo voava com a tua respiração
Você lembra disso?
Quando acordamos, estávamos quase no chão
E mais uma vez rimos e tudo ficou nisso, só nisso

Eu sinto falta da tua risada
Sinto falta da tua amizade toda errada
Sinto falta das nossas horas passadas sem fazer nada
Apenas rindo um para outro, feito duas crianças levadas
E sinto falta também do teu cachorro preto
E do teu cabelo que nunca tomou jeito

Eu ainda reconheço o teu cheiro por ai
Você se lembra do meu perfume de bala?
Desculpe se não me despedi
Mas eu tinha que partir e você não cabia na mala

Mas eu te levo aqui
Para sempre
Porque você ainda me faz rir
Como sempre

Sinto sua falta...


ACHO QUE É HORA DE DAR TCHAU ! (:

0 Comentários: