Poxa, Sai do meu Pensamento

Saia do meu pensamento
E me deixe viver
Solte esse meu sofrimento
E me deixe te esquecer

Lembrar dos bons momentos
Como se nunca tivesse existido os ruins
Esquecer daquele tempo
Onde tudo não parecia ter fim, enfim

Pára de fazer isso comigo
Pára de entrar na minha cabeça antes de dormir
Prometo que de agora em diante te verei apenas como amigo
Droga! Nem sei como essa promessa vou cumprir

Pára de invadir meus sonhos
De arrombar as portas da minha mente
Você sabe que eu jamais me oponho
Que te deixo entrar, nunca foi diferente

Mas pára de me fazer chorar
De me fazer sofrer
Pára de me ver escorregar, ceder
Me humilhar, retroceder

Você chama e eu vou
Você fala e eu escuto
Você não me ama e nem nunca amou
Nem sei por que ainda discuto, ainda luto

Essa luta já perdi
A disputa sempre foi tua
Eu já me perdi
Cai na palma da tua mão que sua

Fui teu brinquedo
Fui teu segredo
Teu joguinho feliz
Fiz sempre tudo o que você quis

E mesmo assim
Nunca fui o suficiente
Você sempre quis mais e mais
Uma obsessão doente
Errado demais, impaciente

Pára de me olhar
Se não vai vir
Pára de me contar
O que eu tanto quero ouvir
Vá embora, me deixe respirar
Meu coração chora e eu não quero chorar
Sei onde você mora e não vou ai te buscar

Não mais
Nunca mais
Sim, é verdade...
Não, não é verdade...

Tem alguém em casa?


ACHO QUE É HORA DE DAR TCHAU! (:

PS:"Tanto o título quanto a primeira frase, vieram do subnick do MSN da minha amiga-colega-amada-'vóvis'-querida ANDRESSA CASTRO..." :D

2 Comentários: