Promessas Erradas


E eu que prometi me dedicar
E eu que prometi nunca te deixar
E eu que prometi te ajudar
Te reconfortar sempre que tivesse que chorar
E eu que prometi ir te buscar sempre que resolvesse me chamar
E eu que prometi te procurar sempre que se perdesse
Que prometi te deixar me ganhar sempre que me perdesse
Porque se perder é como voltar para casa
É como aprender a voar e não ter asas
E como um anjo caído eu desacreditei no amor, perdi a fé
Desencadeei a dor, brinquei de quer ou não quer, de o que é? O que é?
E eu nunca soube de nada, de nada...
Palavras erradas, horas contadas e um coração que desistiu de bater
E um coração que cansou de amar você
Um pulmão que já não respira
Uma mão que bate com ira
E quem irá nos ajudar?
Quem fará essa dor passar e esse amor cessar ir dormir e sonhar?
E eu que nunca soube de nada... De nada...
Eu sou a errada?

ACHO QUE HORA DE DAR TCHAU! (:

0 Comentários: