Orgulho

Orgulho

Eu não choro mais
Não sinto pena
Eu não sinto sequer paz
E não quero fazer cena

Eu não gritei por que não quis
Eu não corri atrás porque se correr fica mais fácil de cair
Eu não implorei dizendo que podia te fazer feliz
Porque se você quisesse você estaria aqui

Você faz o que faz e o que quiser
Você quer ou não me quer mais
Não há nada que eu possa fazer, nenhuma coisa qualquer
A escolha é sua, a consciência é sua, a vida é sua, o amor é meu

Só lhe peço que olhe mais uma vez para a lua e tente se lembrar do que esqueceu
Ela é bonita, não?
Um dia nós a admiramos juntos, de mãos dadas, deitados no chão
Hoje sobraram insultos, frases engasgadas, segredos sem perdão

Não vou esperar para sempre, você sabe disso
Só que ainda não estou pronta para dizer “eu te amo” de novo
Não sei se quero compromisso
Mas o enquanto o tempo corre eu não me movo

Não vou pedir que fique
Não vou dizer que dessa vez será diferente
Que eu mudarei, que eu irei entender suas manias e seus tiques
Não, não vou tentar fazer com que sinta o que não sente

Não me amar é fácil
Me amar é mais fácil ainda
Você que não é muito ágil
Que tem preguiça de vida

Mas a culpa é de quem?
É só sua meu bem...

Acho que é Hora de Dar Tchau! (:

0 Comentários: