SUOR

Oiie...
Poema do dia 29 de setembro de 2009.

Suor

Quero molhar teus lábios com um beijo
Quero sentir e pegar no teu desejo
Quero suar teu corpo desconhecido
Quero ir além sem ser impedido

Vou te puxar para perto
Vou te afastar para longe
Vou corrigir o incerto
E te ter para sempre a partir de hoje

Gritarei teu nome
E a palavra mais beca ecoará no infinito
Me deixarei ser levado pelo instinto nada bonito

Teu cheiro grudará na minha pele
E eu vou querer mais
O amor é amar aquilo que te repele
Aquilo que não te satisfaz

Com a mão suada
Eu passearei pelo teu corpo-estrada
Com os braços tremendo
Eu terei o que venho há tempos venho querendo:

Que é você em mim
Que é um dentro do outro
Que é você o começo e eu o fim
Que é ter para sempre teu corpo

Teu corpo grudado em mim
E eu grudado a ti
Vestidos apenas com o nosso suor salgado
Rompendo aquilo que um dia, estupidamente, eu impedi

Esquece o passado
Larga tudo e vem
Nada é assim tão ruim
Nada é assim tão certo também

Só venha para o meu presente
Diga o que realmente sente
E se perca e mim, em nós
Para sempre, à sós, só nós...

Acho que é Hora de Dar Tchau! (:

0 Comentários: