Raiva na Madrugada

Raiva na Madrugada

Sabe o que eu fiz o dia todo?
Eu ensaiei frases bonitas para te dizer
Mas na minha garganta se formou um nó incomodo
E eu não sei mais o que fazer

Se lembra de quando eu disse
“Feche os olhos, meu bem, e me sinta te abraçando”?
Você disse que isso era perda de tempo, breguice, babaquice
E eu ri sentindo que te abraçava e continuei te amando

Eu continuei te amando mesmo quando o mundo me disse não
Mesmo quando você foi embora com outra pessoa
E enquanto você estava lá com ele em outra dimensão
Eu te amava e ainda acreditava que isso era uma coisa boa

Eu sempre fui um bobo refletido em seus olhos, não é?
Eu sempre fui pouco e “qualquer um” que merecia uns pontapés
Eu sempre fui idiota e masoquista o suficiente para voltar
E eu sempre voltava e ainda implorava, sim, me faça chorar

Eu já estou acostumado, querida
Eu até gosto de ser chutado, querida
Eu amo ser ignorado, querida
E eu te odeio, sua destruidora de vidas

Você destruiu a minha e saiu correndo
Do que você tem medo?
Ou é cara de pau que lhe falta?
Venha, me encare, se sinta alta

Me diga o quão idiota eu sempre fui
Aaah! Eu quero que você grite comigo
Eu quero que você me bata, o meu sorriso não contribui?
Venha, e eu irei revidar se você disser “vamos ser apenas amigos”

Ah! Como eu quero ver você sentindo alguma coisa
Nem que seja ódio, raiva, ira
Porque durante todo esse tempo nunca te vi sequer gritar de prazer, sempre fria
Nunca sorriu, nunca chorou, mais eu vou te forçar a sentir algo um dia

E quando esse dia chegar
Quando você me implorar para voltar ou me expulsar
Eu vou rir bem na sua cara e dizer que tudo que sempre quis foi você
Que eu tentei controlar esse amor que não para de crescer, mas nunca vi nada acontecer

Que mesmo você sendo idiota de não me tratar bem
Que mesmo você sendo insensível eu sempre te quis bem, meu bem
Aaaah! Eu te quero tanto, sou louco, não é?
Sou doente de não controlar o que meu coração sente, só pode ser

Então, não venha me dizer para não sofrer
Não me peça para entender
Não me peça para perdoar
Apenas não peça para ser que nem você
Que não sabe amar

Que nunca soube me amar...

Acho que é Hora de Dar Tchau ! (:

0 Comentários: