"O que vai querer hoje?" -O de sempre.


"O que vai querer hoje?" -O de sempre.

 

Saio por ai

E deixo tudo para trás
Porque deixar tudo para trás é feio
Por que o que está por vir pode ser falso ou verdadeiro


Mas não depende de mim
Nem de você
Pois é, nada é tão fácil assim
E está certo em não ser


Se fosse fácil eu cairia no tédio
Não iria sequer tentar um novo caminho
E se para tudo tivesse remédio
Aqueles que sonham não estariam sozinhos


Sozinhos e sem ninguém
Porque você pode estar sem ninguém e nunca estar sozinho
Tudo depende se você se quer bem
Ou se joga em mais uma taça de vinho


As escolhas são a parte fácil da história
Mas não disse indolor
Porém as dores se apagam depois de um tempo da memória
E você irá querer sentir de novo a mesma dor


Por que?
Por que é masoquista?
Não, é por que você vive
E viver requer sangue, lágrimas, dores e desamores


Não é apenas meu ponto de vista
Tudo está tão claro
Que nem as páginas coloridas de uma revista
Que nem minhas comparações idiotas


São fatos que explicam atos e não precisam de relatos
São lutas sem vitórias ou derrotas
Apenas lutas
Nunca disse que eram lutas justas


Pois se em tudo houvesse justiça
Onde estariam os lutadores?
Seriam todos covardes implorando milagres numa missa
Implorando milagres sem nunca agradecerem por seus favores


São todos iguais
Por dentro e por fora
Todos são normais, irreais, ilegais, um a mais
E o que estou dizendo agora?


O mesmo discurso de sempre, meu caro
Por que eu amo jogar verdades na tua cara
E insultos de verdades eu nunca separo
Então não considere isso alguma coisa rara


É uma coisa barata
Palavras bobas e mal-escritas, aflitas, longe de serem bonitas
Sonhadas numa manhã exata
Criando um poema que você não acredita, que você ignora


Então eu vou embora
E deixo tudo para atrás
Por que deixar tudo para trás não é assim tão feio mais
Mas nunca disse que era belo fugir que nem todos mortais


Porém, eu disse que éramos todos iguais
Normais, irreais, ilegais
E eu sou um a mais
Mais um dos iguais

0 Comentários: