Requisitos


Requisitos

 

Eu sempre complico, perturbo, grito e confundo tudo

Eu sempre fico, iludo, minto e fujo do mundo
Eu nunca  quero, explico, entendo ou deixo passar
Eu nunca quero, tenho medo ou deixo voltar

Eu odeio o teu amor
E anseio pelo teu rancor
Gosto de ser esnobada
De viver errada, cansada, atropelada

Pois me atropele
Me jogue para longe
E eu irei querer grudar na tua pele
Para sempre a partir de hoje

Minta e eu te amarei
Não sinta e eu sorrirei
Erre e eu tentarei acertar
Encerre e eu pedirei para ficar

É tão fácil me ganhar
Apenas me descontrole e me jogue umas cruéis verdades
Eu irei te amar
Mas olhe, tem que ter mais do apenas vontade

Eu quero desprezo
Quero pensar que tudo está perdido
Quero que me machuque e saia ileso
E que nunca me conte como tem vivido

Eu gosto de ter o poder
E me apaixono por aquele que não me obedece
Eu gosto de sempre saber
E me apaixono por aquele que logo me esquece

Então me enlouqueça
Finja que não me quer
Vire meu mundo perfeito de ponta cabeça
Apareça com outra mulher

Complique tudo para mim
Ignore, me desafie, me toque
E no fim para bem longe me jogue
Me faça implorar

Perder meu orgulho e dignidade
Mas na hora certa diga “eu te amo
Eu irei me entregar
E amanhã sentirei saudade

Seja o equilíbrio que me falta
Seja a sede que me mata
Seja o amor que eu não ter, amar
Seja a dor que eu não quero jamais sarar

Me abrace e sussurre breguices
Me abrace e fique comigo em tempo difíceis
Só fique aqui quando ninguém mais ficar
São conselhos fácies que me farão te amar

0 Comentários: